HARDTEK

A sua loja Gamer!


NO MOMENTO ESTAMOS ATENDENDO SOMENTE EM NOSSA LOJA FÍSICA

ASSISTÊNCIA TÉCNICA - LAN HOUSE - VENDA DE COMPUTADORES, COMPONENTES E ACESSÓRIOS

Whatsapp: 51 982 002 002

Av. Presidente Getúlio Vargas, 1231 Loja 2 - Bela Vista - Alvorada / RS
Copyright © HARDTEK
Tecnologia do Blogger.

Facebook

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Post Top Ad

Arquivo do Site

Follow by Email

Fone / Whats:

51 98200-2002

Segunda à Sexta 09:00 às 18:00
Sábado 09:00 às 17:00

Localização no Mapa

Av. Presidente Getúlio Vargas, 1231 Loja 2
- Alvorada / RS - 94810-580


google maps von pureblack.de

Sobre mim

authorOlá eu sou o Fernando Machado e sejam todos muito bem vindos ao site da HARDTEK! Aqui estão os vídeos de Unboxing, Análises, Tutoriais, Dicas, Notícias, Comparativos, Testes e muito mais! Se esse é seu tipo de canal, por favor, inscreva-se agora e acione o sininho para não perder nenhum vídeo!
Saiba mais →

Acompanhe o HARDTEK nas redes

Fique sempre atualizado, seguindo, curtindo e se inscrevendo no HARDTEK nas redes sociais, além do mais você fica sempre por dentro de quando tiver descontos ou promoções imperdíveis!!!

Visitas do Site

website counter code

Featured

Facebook

Assistência Em Informática Líder em Alvorada

Especializado em Manutenção de Computadores, Notebooks, Formatação, Upgrade, Montagem, Diagnóstico, Recuperação de Dados, Backup e muito mais...

Sem nome e sem CEO? O que muda no Yahoo com a venda para a Verizon



Quando o negócio de US$4,8 bilhões for finalizado, empresa será dividida em duas partes. No entanto, marca Yahoo deve continuar sob a comando da operadora.

A CEO do Yahoo, Marissa Mayer, está se preparando para dizer adeus ao conselho da empresa, mas não necessariamente para a marca Yahoo.

Em um novo documento registrado junto à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC), a empresa afirma que vai se livrar de quase tudo que compõe o Yahoo, incluindo seu nome, quando o negócio de venda para a operadora americana Verizon for finalizado.

Caso você seja um acionista do Yahoo, então vai notar a diferença. Mas as consequências desse anúncio serão mínimas para os usuários do Yahoo.

Isso porque o Yahoo possui duas propriedades principais: uma rede mundial de portais de Internet, e 15% de participação na gigante chinesa de e-commerce Alibaba, que vale muitas a anterior. Quando um plano para vender sua fatia do Alibaba esbarrou em complicações fiscais, a empresa decidiu vender sua marca, em vez de seus portais – na verdade, quase tudo com exceção da fatia da Alibaba – para a Verizon. É esperado que a Verizon junte as atividades do portal do Yahoo com o AOL, que a operadora comprou em 2015.

Em julho, logo após a Verizon anunciar a compra do Yahoo, o CEO da AOL, Tim Armstrong, disse ao TechCrunch: “A marca Yahoo vai continuar conosco por muito tempo, vamos investir nela”, afirmou o executivo, que possui uma boa relação com Marissa Mayer. “Penso que poderemos trabalhar muito bem juntos.” Na época, a CEO do Yahoo afirmou que “ama” a empresa e que quer “ver o Yahoo em seu próximo capítulo”.

Nos meses seguintes, o Yahoo admitiu dois vazamentos gigantes de dados, provavelmente os maiores da história. Em setembro, a empresa reconheceu que detalhes de 500 milhões de contas tinham sido roubados em 2014. Em dezembro, foi a vez da companhia revelar que os detalhes de 1 bilhão de contas foram roubados em um outro ataque, realizado em 2013.

As notícias sobre os vazamentos mancharam a marca do Yahoo e a reputação da sua equipe de gerenciamento e fizeram surgir rumores de que a Verizon estaria buscando renegociar ou até mesmo abandonar o negócio. No entanto, a publicação do documento à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos indica que tudo está de pé.

Para nos poupar de possíveis confusões para diferenciar a marca Yahoo de um lado e a empresa Yahoo do outro, a companhia planeja mudar seu nome para Altaba assim que o negócio for finalizado.

Assim que a Verizon assumir o controle dos portais e da marca Yahoo, o principal objetivo da nova Altaba será funcionar como um veículo de investimentos para as fatias que possui do Alibaba e do Yahoo Japan, uma empresa independente da qual o Yahoo possui apenas 35,6% - o restante é da companhia japonesa Softbank, que comprou recentemente a ARM.

As regras para empresas de investimentos significam que a Altaba poderá operar com um conselho de diretores menor após a compra pela Verizon. Por isso, “imediatamente após o negócio ser finalizado, o tamanho do conselho será reduzido de 11 para 5 diretores”, segundo afirmou o Yahoo no documento publicado nesta semana junto à SEC. Neste caso, Marissa e outros cinco diretores vão sair do conselho.

A Verizon se recusou a comentar o documento do Yahoo na SEC e o próprio Yahoo não estava disponível para responder as perguntas da PC World dos EUA até o fechamento da reportagem.

Vale notar que o CEO da AOL, Tim Armstrong, ainda parece positivo sobre trabalhar com Marissa Mayer. Em dezembro, o executivo disse à Business Insider que, apesar de não poder falar pela CEO do Yahoo, ele gostaria que ela continuasse desenvolvendo as atividades do Yahoo na Verizon. “Espero que, à medida que a gente avance, Marissa tenha um papel em levar o Yahoo para a próxima geração do que será o Yahoo”.

Por isso, Marissa Mayer vai deixar a Altaba e não o Yahoo. E vai levar a maior parte do Yahoo com ela.

Nenhum comentário