HARDTEK

A sua loja Gamer!


NO MOMENTO ESTAMOS ATENDENDO SOMENTE EM NOSSA LOJA FÍSICA

ASSISTÊNCIA TÉCNICA - LAN HOUSE - VENDA DE COMPUTADORES, COMPONENTES E ACESSÓRIOS

Whatsapp: 51 982 002 002

Av. Presidente Getúlio Vargas, 1231 Loja 2 - Bela Vista - Alvorada / RS
Copyright © HARDTEK
Tecnologia do Blogger.

Facebook

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Post Top Ad

Arquivo do Site

Follow by Email

Fone / Whats:

51 98200-2002

Segunda à Sexta 09:00 às 18:00
Sábado 09:00 às 17:00

Localização no Mapa

Av. Presidente Getúlio Vargas, 1231 Loja 2
- Alvorada / RS - 94810-580


google maps von pureblack.de

Sobre mim

authorOlá eu sou o Fernando Machado e sejam todos muito bem vindos ao site da HARDTEK! Aqui estão os vídeos de Unboxing, Análises, Tutoriais, Dicas, Notícias, Comparativos, Testes e muito mais! Se esse é seu tipo de canal, por favor, inscreva-se agora e acione o sininho para não perder nenhum vídeo!
Saiba mais →

Acompanhe o HARDTEK nas redes

Fique sempre atualizado, seguindo, curtindo e se inscrevendo no HARDTEK nas redes sociais, além do mais você fica sempre por dentro de quando tiver descontos ou promoções imperdíveis!!!

Visitas do Site

website counter code

Featured

Facebook

Assistência Em Informática Líder em Alvorada

Especializado em Manutenção de Computadores, Notebooks, Formatação, Upgrade, Montagem, Diagnóstico, Recuperação de Dados, Backup e muito mais...

Astrofotografia sai dos laboratórios para as ruas


Londres, Reino Unido. A astrofotografia é um tipo especializado de fotografia que registra imagens de corpos celestes e grandes áreas do céu noturno. Reportagem publicada pela rede BBC mostra que, nos últimos anos, os avanços nessa área foram imensos e que agora não são apenas os cientistas que podem fazer imagens incríveis de nebulosas a milhares de anos-luz de distância: amadores também se aventuram, mesmo com equipamento não muito sofisticado.

De acordo com a BBC, as imagens que mais têm surpreendido vêm da vizinhança do nosso planeta, da extraordinária esquina do Universo em que estamos. Desde as montanhas geladas na fronteira do Sistema Solar, às erupções solares maiores do que a Terra, para onde quer que as pessoas olhem, há uma surpresa.

A primeira fotografia de um corpo celeste (a Lua) foi tirada em 1840, mas somente no final do século XIX a tecnologia permitiu a fotografia estelar detalhada. Além de gravar os detalhes de corpos extensos, como a Lua, o Sol e os planetas, a astrofotografia tem a capacidade de mostrar objetos invisíveis ao olho humano, como nebulosas e galáxias.

Essa técnica teve um papel importante no início dos estudos do céu e da classificação das estrelas, mas, com o tempo, deu lugar a equipamentos mais sofisticados e técnicas especialmente concebidas para a investigação científica. Atualmente, a astrofotografia é parte da astronomia amadora, diz a BBC, e normalmente é utilizada para gravar imagens que não têm como finalidade única a pesquisa científica.

A tecnologia das câmeras e a nossa capacidade de instalá-las em novos locais são fundamentais para conseguir imagens tão incríveis. Ver a Terra como um frágil globo azul e branco flutuando no espaço já não surpreende. Mas foi só depois do lançamento das missões Apollo, nos anos 1960, que a humanidade viu uma foto completa de seu planeta.

Foram os astronautas da Apollo 8 que fizeram esse flagrante ao lado direito, batizado de o “Nascer da Terra”, feito enquanto orbitavam a Lua.

Plutão. Costumava-se pensar que Plutão era um mundo frio, escuro e enfadonho. Mas em 2016, a sonda New Horizons mostrou que essa tese estava errada, diz a reportagem da BBC.

Essa sonda e outras parecidas permitiram que fossem vistas, pela primeira vez, os locais mais distantes do Sistema Solar. A New Horizons mostrou que Plutão é um mundo fascinante de montanhas e vales gelados, e que sua atmosfera é azul como a da Terra. Possivelmente mais do que qualquer telescópio da história recente, o Hubble transformou a compreensão do nosso lugar no Universo.
Equipamentos necessários
Para começar na astrofotografia, alguns equipamentos são básicos: uma câmera DSLR moderna, com boa capacidade para imagens de pouca luz, uma lente rápida e um tripé resistente;

Acessórios adicionais darão um upgrade em seu trabalho, como o intervalômetro. Com ele você poderá fazer time lapse e fugas de estrela;

Importante: uma lente com grande abertura é fundamental para permitir a entrada de mais luz. Na astrofotografia, o foco é sempre manual.

Fonte: otempo.com.br

Nenhum comentário